Pós-operatório

> PÓS-OPERATÓRIO > CIRURGIA PLÁSTICA

Atendimento em consultório e domiciliar (algumas regiões da cidade de Florianópolis e nos 5 primeiros dias)

Tratamento para as Fibroses da cânula cirúrgica com o método LTF® (Liberação Tecidual Funcional) - RJ

Drenagem Linfática Manual

Controle de Edemas (inchaços)

Cuidados com Equimoses e Hematomas (roxos)

Tratamento das cicatrizes cirúrgicas

Alongamentos pós-operatórios

Manutenção e cuidado com curativos

Orientação quanto ao uso de malhas compressivas

Orientações pós-cirúrgicas junto a equipe médica

Retorno às atividades diárias em menor tempo, com melhor qualidade!



> PÓS-OPERATÓRIO > CIRURGIA DE CÂNCER DE MAMA

Após a mastectomia, com a retirada dos linfonodos, a ação do sistema linfático fica dificulta, e com isso gera edema (linfedema) na região de membros (braços) e, algumas vezes, em abdômen. Para isso, com a autorização médica, uma vez que o câncer está estabilizado, faremos um controle com:

Avaliação precisa dos membros superiores

Drenagem Linfática Manual para pós-mastectomia – com manobras e direcionamento da linfa diferenciado dos demais, para evitar o linfedema

Compressão com faixas compressivas – quando necessário

Alongamentos e Exercícios de mobilização – para preservar a amplitude de movimento e evitar sequelas futuras como fibroses e aderências de cicatriz

Estímulos para a volta sensibilidade local

Momento único para o seu bem-estar e controle do equilíbrio emocional!



> PÓS-OPERATÓRIO > CIRURGIA VASCULAR

Drenagem Linfática Manual – para controle de edemas pós-cirúrgicos

Orientação quanto ao uso de meias compressivas

Controle de Edemas (inchaços)

Cuidados com Equimoses e Hematomas (roxos)

Alongamentos e Exercícios de mobilização – para preservar a amplitude de movimento, estimular o retorno venoso e linfático

Recuperação rápida às atividades de vida diárias!



> LINFEDEMA

É uma disfunção do sistema linfático, em que a carga linfática fica sobrecarregada, e há um acúmulo de líquido, e proteínas no tecido subcutâneo. Esse fato promove: aumento de medida do membro, alteração funcional e estética. Ocorre um endurecimento da textura da pele, pode ocasionar infecções da pele, e lesão infecciosa dos vasos linfáticos (linfangite e erisipela), gerando um volume dos membros, reduzindo ainda mais o funcionamento natural do sistema linfático. Além disso, o bem-estar físico e psicológico desse paciente fica muito alterado, pois, por exemplo, um simples fato de não conseguir encontrar sapatos que caibam no seu pé, já gera uma situação de bastante desconforto e tristezas pessoais.

Tratamento:

Drenagem Linfática Manual – para diminuir o edema

Elevação e mobilização dos membros ocasionados – para manter a funcionalidade do membro

Manutenção e controle da obesidade - nutrição

Orientações com: cuidados com a pele, enfaixamentos, atividades físicas, hábitos alimentares e higiene

Esse diagnóstico não tem cura, mas levamos um tratamento eficaz no controle do volume do membro e devolvemos qualidade de vida para esse paciente!



Gestante Pós-operatório Estética facial Estética corporal Nutrição